quarta-feira, 10 de outubro de 2018

ás 10:15:00, postado por Glaucione Farias   Comentários
Candidato a vice-presidente pela chapa do PSL encabeçada pro Jair Bolsonaro, o general da reserva Hamilton Mourão tem cada vez mais ganhado protagonismo na corrida presidencial. Um dia após Bolsonaro desautorizar as declarações de Mourão como a defesa de um possível “autogolpe”, o general da reserva minimizou o episódio.

Mourão afirma que Bolsonaro “caiu em uma emboscada”, porque quando ele se referiu ao ‘autogolpe’ em uma entrevista a GloboNews, o cabeça da chapa estava hospitalizado e não acompanhou direito a repercussão.

Questionado pela jornalista Andréa Sadi sobre o fato de sua declaração ter sido amplamente compartilhada entre os apoiadores de Bolsonaro na época, Mourão disse que não defende um autogolpe, mas admitiu que é um crítico da Constituição.

0 comentários: